III Semana do Audiovisual Negro

por | abr 8, 2022 | Rolezinho | 0 Comentários

Cena do longa “Sementes – Mulheres Pretas no Poder”, de Éthel Oliveira e Julia Mariano

Com exibições, mostras, oficinas, debates e masterclasses, a Semana do Audiovisual Negro visa reunir e exibir produções audiovisuais de profissionais negras (os), indígenas e amarelos das regiões Nordeste, Norte e Sudeste do país. Nesta 3ª edição, o Festival acontece em Recife, Olinda e Afogados da Ingazeira, no Sertão do Pajeú. 

A Semana do Audiovisual Negro é o primeiro festival pernambucano a exibir, competitivamente, realizações de pessoas não-brancas. O festival propõe uma conexão ainda maior entre as produções, as quais já conversam entre si através de temáticas de vivências que lhes atravessam. A programação começou dia 5, na última terça-feira, e se estende até o dia 12 deste mês. Além de debates online, em Recife e Olinda a programação se divide entre o Cinema São Luiz, o Cinema da UFPE, Teatro do Parque, Museu da Abolição e Centro Cultural Bongar. Já em Afogados da Ingazeira, as exibições acontecerão em escolas da rede pública.  

Na imagem, cena do longa “Sementes – Mulheres Pretas no Poder”, de Éthel Oliveira e Julia Mariano, estreado em 2020. Ao observar que o assassino da vereadora Marielle Franco em 2018, provocou um forte levante de mulheres negras nas eleições daquele ano, o documentário acompanha a candidatura de mulheres aos cargos de deputada estadual e federal, no Rio de Janeiro. 

O longa-metragem será exibido nesta sexta-feira, 8, às 19h30 no Cinema São Luiz, a retirada dos ingressos é a partir das 18h. 

*Entrada gratuita.

Mais informações: https://linktr.ee/cinemanegro

Confira a programação completa da 3ª Semana de Audiovisual Negro no Instagram: @audiovisual.negro 

Share This